MATTOSO LOGO.png
imunologia e biologia molecular.jpg

Baixe nossa tabela de cores

de tampas para os exames

do Centro de Diagnóstico

Veterinário Mattoso.

 
fvf.png
vermelho.png
tubos.png
roxo.png
cinza.png
azul.png
verde.png
Sem título-1.jpg
rosa.png
marron.png
amarelo.png
laranja.png

 

 

 

IMUNOLOGIA E BIOLOGIA MOLECULAR 

Para exames sorológicos em geral, colher de 2 a 5 mL de sangue e acondicioná-lo preferencialmente em tubo com gel ativador de coágulo (tampa amarela ou vermelha) ou tubo seco, sem anticoagulante (tampa vermelha). Manter o material sob refrigeração por até 24 horas. Recomendação de jejum alimentar de 8 a 12 horas.

Para exames de Parvovirose Canina e Panleucopenia Viral Felina, utilizar fezes frescas, manter sob refrigeração e encaminhar para o laboratório no mesmo dia.

Para exames de PCR, colher de 1 a 3 mL de sangue, secreções ou líquidos cavitários, de acordo com a doença a ser pesquisada, e acondicionar o material em tubo com E.D.T.A. (tampa roxa), exceto as secreções.

 

 

 

 

MICROBIOLOGIA 

Utilizar somente frascos especiais, com meio de transporte próprio para material microbiológico. Para um resultado mais confiável, recomenda-se que o paciente não esteja sendo medicado com produtos anti-sépticos, antibióticos ou antifúngicos, por um período mínimo de 5 a 7 dias.

 

  • Bactérias Aeróbicas: Utilizar swab estéril apropriado, recolher pequena quantidade de material ou secreção diretamente da lesão, tomando o cuidado necessário para não haver contaminação externa. Colocar o swab no meio de cultura mais adequado. Se for utilizado o Stwart manter o swab inserido no gel e encaminhar ao laboratório. Acondicionar o material em temperatura ambiente.

  • Bactérias Anaeróbicas: Colher material da lesão com swab estéril ou por punção asséptica e inserir em meio de transporte adequado (Hemobac). Acondicionar o material colhido em temperatura ambiente.

  • Hemocultura: Fazer tricotomia e rigorosa assepsia da região a ser utilizada para coleta, colher 1 a 3 ml de sangue, trocar a agulha e injetar o material no frasco com meio próprio para hemocultura (Hemobac). 

  • Cultura de Fungos: Fazer limpeza prévia da área a ser colhido o material, com algodão embebido em Álcool 70%. Recolher pequena quantidade de material das regiões contendo pêlos e crostas das lesões. O material também poderá ser colhido com auxílio de fragmento de carpete estéril ou escova de dente dura estéril. Transferir material para tubo seco estéril ou frasco coletor universal, protegido da luz e enviar para laboratório em até 48 horas.

 


 

 

PARASITOLOGIA 

  • Para a realização de exames Parasitológicos, Coprológicos Funcionais e Pesquisa de Sangue Oculto nas fezes, recolher amostra fecal sem exposição ao sol, em frasco limpo e seco com tampa (coletor universal). Manter a amostra em refrigeração até ser encaminhada para o laboratório por, no máximo 24 horas. Coletar no mínimo 20g de fezes. Dar prioridade para fezes frescas, quando a suspeita for sobre parasitismo por protozoários. No caso de pesquisa de tripsina fecal enviar fezes frescas do animal suspeito + fezes frescas de um animal controle (normal).

  • Para exames de Pesquisa de Ectoparasitas em pele fazer raspado profundo em lesão da região afetada, colocar o material umedecido com óleo mineral entre duas lâminas, para não haver ressecamento da amostra, e encaminhar para o laboratório em porta lâminas em até 24 horas. Para pesquisa em secreção de ouvido, recolher material com swab estéril, fazer “imprint” do material em lâmina de vidro, fixar ao ar livre e encaminhar ao laboratório em porta lâminas em até 24 horas.

 

 

 

 

URINÁLISE 

Colher volume mínimo de 5 mL de urina, mas preferencialmente 10 mL, e acondicionar em frasco seco e estéril com tampa (Coletor Universal) ou manter na própria seringa conectada a agulha (fechada com a tampa). Neste último caso tomar cuidado para evitar perda da amostra. Após assepsia da região, colher amostra de urina por cistocentese, sondagem uretral ou micção espontânea. Levar a amostra imediatamente para refrigeração e encaminhar ao laboratório em até 24 horas, dando preferência para enviar o mais rápido possível.

Para Análise de Cálculos urinários, recolher material eliminado espontaneamente ou retirado por procedimento cirúrgico, em frasco seco com tampa (Coletor Universal) ou tubo seco sem anticoagulante (tampa vermelha) e encaminhar para o laboratório. Não há prazo de viabilidade para a entrega do material. Quantidade mínima para análise de 50 mg.