• Mattoso

Toxocara Canis

đŸ¶Hospedeiros: CĂŁes, raposas.

É um verme grande de coloração branca/creme. Os machos medem cerca de 10 cm e as fĂȘmeas medem atĂ© 18 cm de comprimento.

Os ovos de tamanho mĂ©dio (90 por 75 ÎŒm) tĂȘm coloração castanho-escura e sĂŁo subglobulares, com casca espessa, rugosa e pontilhada. O conteĂșdo granular e nĂŁo segmentado tem coloração muito escura e normalmente preenche todo o volume da casca.

Sinais clínicos: Em infecçÔes leves a moderadas, não hå sinais clínicos durante a fase pulmonar de migração larval.





🛎Os adultos no intestino podem causar abdome enrugado ou abaulado, falha em ganhar peso e, ocasionalmente, vîmito e diarreia.

Os sinais em infecçÔes intensas durante a fase de migração larval resultam em lesĂŁo pulmonar e incluem tosse, aumento da frequĂȘncia respiratĂłria e secreção nasal espumosa. A maioria das mortes por infecção por T. canis ocorre nessa fase.


👀DiagnĂłstico: Apenas o diagnĂłstico presuntivo Ă© possĂ­vel durante a fase pulmonar de infecçÔes intensas. Os ovos nas fezes sĂŁo encontrados facilmente por mĂ©todo de exame direto de esfregaços de fezes ou por mĂ©todos de flutuação.

Além da sua importùncia veterinåria, essa espécie é responsåvel pela forma mais amplamente conhecida de larva migrans visceral em humanos.


💬Para mais informaçÔes sobre o universo da patologia clĂ­nica, siga nosso perfil!!!

#laboratoriomattoso#patologiaclinicaveterinaria#patologiaclinica#parasitologia#veterinaria#toxocaracanis

45 visualizaçÔes0 comentårio

Posts recentes

Ver tudo